FlexboxFroggy – Como aprender CSS Flexbox, jogando

Froggy - O sapinho que você tem que posicionar usando CSS Flexbox no FlexboxFroggyQuando a internet começou, tínhamos recursos muito básicos implementados nos navegadores, e por isso os sites normalmente eram feitos sem muita estrutura, apenas contendo textos e sem muitos estilos aplicados. Depois de algum tempo, a internet evoluiu um pouquinho, e os sites começarem a ser mais estruturados, com barras laterais, menus, cabeçalho e rodapé melhor definidos, através do uso de tags <table>. Depois de mais algum tempo, começou a surgir a prática do tableless, que usava CSS para criar sites estruturados sem o uso de tags <table>. E, a partir dessa prática do tableless, surgiu incontáveis bibliotecas de grid, normalmente (mas não necessariamente) integrada a frameworks CSS, como o Bootstrap e o Foundation, que facilitam e muito a criação de sites tableless com o uso de grids pré-definidas (normalmente de 12 colunas). Com a evolução do HTML5 e do CSS3, entretanto, novas técnicas de organizar conteúdo na tela estão surgindo, e hoje vou falar sobre um jeito prático de aprender uma dessas novas técnicas, chamada Flexbox, jogando.

Continuar lendo FlexboxFroggy – Como aprender CSS Flexbox, jogando

Mimosa – Evite tarefas repetitivas no desenvolvimento de código frontend

Quando você vai desenvolver o frontend de um site, é rotineiro você se deparar com tarefas um tanto quanto repetitivas: compilação do código, minimização, otimização e lint (verificação contra erros de estilo e/ou bugs). Algumas dessas tarefas até foram implementadas por algumas IDEs, e soluções automatizadas também surgiram. Hoje, vou falar um pouco sobre uma dessas soluções automatizadas: a Mimosa, que chamou a minha atenção pela facilidade extrema de uso, e também ensinar como começar a criar .
Continuar lendo Mimosa – Evite tarefas repetitivas no desenvolvimento de código frontend